Astronomia

Monstruosa explosão no sol, às 10 de sexta-feira, causa apagão de rádio

O sol teve a segunda maior explosão em anos na sexta-feira com registro de apagão de rádio em ondas curtas em toda a América do Sul, África e no Atlântico Sul. A explosão solar ocorreu na mancha solar AR3575 às 10h14 da sexta-feira pelo horário de Brasília e foi captada pelos sensores da NASA. Por sorte, a mancha solar se moveu para além da borda do sol, colocando a Terra

Eclipse solar: veja o horário, onde e como observar o fenômeno de hoje (14/10)

Evento astronômico acontece quando a Lua passa entre a Terra e o Sol, cobrindo a maior parte do disco solar e deixando apenas um “anel de fogo” brilhante ao redor da borda Um eclipse solar anular poderá ser visto de forma parcial e total, neste sábado, 14 de outubro de 2023 (14/10). O fenômeno astronômico acontece hoje a partir das 15h e o dia vai virar noite em parte do Brasil após a

Eclipse anular deste sábado será visível em todo o Brasil

 Confira  os horários em qual parte do Brasil ele será mais visível durante o sábado, 14   Um dos principais eventos astronômicos de 2023, o eclipse anular do Sol que acontece no dia 14 de outubro será visível em todo o Brasil, de forma parcial ou total, dependendo da região. Será uma grande oportunidade de observá-lo, pois na última vez em que ele ocorreu, em 2021, foi registrado apenas na região

Última Superlua do ano vai ocorrer nesta sexta-feira (29/9)

A última Superlua de 2023 vai acontecer nesta sexta-feira (29/9). A data marca o início da Lua cheia de setembro, quando o astro estará mais próximo da Terra que o normal, assim fazendo acontecer o fenômeno conhecido como “Superlua”, que é quando a Lua pode ser vista de forma mais brilhante. Esta é a quarta vez no ano que podemos observar o fenômeno. A primeira foi a Superlua dos Cervos,

O mês de setembro vai ter três chuvas de meteoros

Algumas chuvas de meteoros menores e conjunções de planetas com a Lua ocorrem em meio aos eventos astronômicos de setembro. O mês também é marcado pelo Equinócio de Primavera, um importante marco do nosso calendário. Eventos astronômicos de setembro O mês de setembro vai ter três chuvas de meteoros atingindo o pico de atividade, mas nenhuma delas é muito intensa. É que, até em seus dias mais ativos, essas chuvas trazem poucas

Rio Grande do sul será o ponto de melhor observação da rara superlua azul

Fenômeno raro  vai acontecer  depois de amanhã, quarta-feira 30, mas já pode ser visto  a partir de amanhã. A última vez que isso aconteceu foi em 2018 e a próxima será em 2037. Não é sempre que o cosmos oferece um evento duplo em um mesmo mês como vai acontecer em poucos dias para marcar o mês de agosto de 2023 com um par de superluas completas, o que resulta em uma rara

Superlua ilumina o céu em agosto

Agosto com dois fenômenos astronômicos raros; saiba  quando e como ver Somente em agosto, o fenômeno da superlua deve acontecer duas vezes, no início e fim do mês; chuvas diminuem e temperaturas começam a lembrar a chegada da primavera.⠀ ⠀ As duas superluas de 2023 vão acontecer no mesmo mês: em agosto. O primeiro fenomeno aconteceu no dia 1, ontem, mas ainda dá para ver por mais alguns dias… no

Céu de julho terá superlua e chuva de meteoros

O mês de Julho reserva uma série de eventos astronômicos emocionantes para os apaixonados pelo céu noturno. Das chuvas de meteoros à conjunção entre planetas e fenômenos lunares, cada noite oferecerá uma oportunidade de explorar as maravilhas do nosso Sistema Solar. Prepare seus equipamentos de observação ou simplesmente olhe para cima e deixe-se encantar pelas belezas celestes ao nosso redor! Dois eventos dividirão o pódio de destaque principal no céu: a Superlua no

20 de abril tem eclipse solar híbrido; entenda o fenômeno raro que pode provocar transformações profundas em você

  Turbulências poderão ser provocadas na sua vida depois deste eclipse  solar total; confira como transformar esta energia em positiva 20 de abril: eclipse solar híbrido, o que é Um eclipse solar ocorre quando a Lua desliza entre a Terra e o Sol lançando uma sombra no planeta e bloqueando total ou parcialmente a luz solar. Existem três tipos mais conhecidos desse fenômeno: parcial, anular e total. Mais raro, no entanto, um quarto padrão, chamado

Cometa verde já está visível no Brasil; saiba como ver o fenômeno

A olho nu, no Brasil, o corpo celeste poderá ser visto  a partir de sábado, 4 1. O que é preciso para encontrar o cometa passando pelo céu? Cássio Barbosa, astrônomo do centro universitário FEI, explica que é preciso estar em um local bem escuro. Isso porque o cometa está com um brilho considerado fraco, no limite do que o olho humano consegue captar. Como a Lua está em fase crescente,