Comportamento

Pais bonzinhos, filhos folgados

Uma educação rígida e correta hoje em dia é vista muita das vezes, como violência psicológica e emocional por parte dos pais E uma educação baseada em ‘‘posso tudo’’, pode trazer benefício momentâneo mas com um futuro de sofrimento e dificuldade diante dos problemas da vida. Onde não há organização e disciplina, a bagunça impera. Uma casa deve ter um sistema de organização e tarefas incumbidas ao marido, esposa e

6 comportamentos que são reflexos de traumas de infância

Se você se identificar com os seis comportamentos da reportagem, pode ter sido profundamente marcado por um trauma de infância que permanece com você. Esteja atento! Os primeiros anos de nossas vidas são alguns dos mais importantes, porque definem muitos padrões emocionais que seguiremos por toda a vida, como a sensação de sermos bons o suficiente para algo, integração de emoção e intelecto, consciência básica do estado emocional e o

Desaprendi a flertar. E agora? Você não está sozinho e existe solução!

Chamado de fear of dating again, o medo de voltar a namorar é um sentimento específico trazido pela pandemia, mas também por quem saiu de um relacionamento longo, que tem assustado muitos solteiros ao redor mundo São quase dois anos de pandemia, sem festas, baladas e aglomerações para os que ainda se mantêm em isolamento e seguem as regras de distanciamento e segurança. Além de tantos sofrimentos e dificuldades, os

Não só as mulheres afegãs perdem direitos com o Talibã no poder

Aqui no Brasil, onde está em vigor em pleno 2021 a absurda lei que a mulher tem que ter permissão do marido/pai para colocar um dispositivo para não engravidar ou fazer laqueadura ainda tem muitas batalhas para ganhar. A Mulher não pode esquecer que é a maioria da população e de votos e, que a decisão de escolher quem vai lhe representar ou defender seus diretos, está única e exclusivamente

Os inesperados benefícios da maternidade tardia

Estudos recentes põem em dúvida tudo o que você já ouviu sobre a maternidade e o relógio biológico Parece que ter filhos mais velha é algo que privilegia não só as mães como seus filhos também. Um estudo europeu recém-publicado no jornal Population and Development Review chegou à conclusão de que mulheres que atrasaram a gravidez – inclusive até depois dos 40 anos – tiveram crianças mais altas, com melhores

Com vontade de comer? Saiba diferenciar os sinais de fome e de ansiedade

Comer para “encontrar paz emocional” não é necessariamente ruim, mas pode estar associado a um distúrbio alimentar Para muitas pessoas, a comida é uma fonte de prazer. Comer para “encontrar paz emocional” não é necessariamente ruim, mas pode estar associado a um distúrbio alimentar — e, nesse caso, é importante consultar um profissional. Saiba mais sobre o tema:  Fome  física A fome física é aquela que surge gradualmente. Ocorre por

Dependência emocional: quando o  outro se torna parte essencial de nós

Colunista: Psicóloga Viviane Tremarin – Pós-graduanda em Terapia Cognitivo-Comportamental A dependência pode ser trabalhada e evitada a partir de um estilo de vida que promova a liberdade psicológica Em Paris tem uma famosa ponte na qual os casais fazem juras de amor eterno e prendem nela um cadeado, jogando a chave no rio, como símbolo de aquele amor será duradouro (nós temos algo semelhante em uma fonte em Gramado). Em

Pare de sabotar seu relacionamento: o ciúme não precisa mais ser o vilão da vida a dois

Colunista: Viviane Tremarin – Psicóloga Pós-graduanda em Terapia Cognitivo-Comportamental  “Como ciumento, sofro quatro vezes: porque sou ciumento, porque me reprovo por sê-lo, porque temo que o meu ciúme magoe o outro e porque me deixo dominar por uma banalidade… sofro por ser excluído, por ser agressivo, por ser louco e por ser normal” – Roland Barthes Ciumento(a), eu? Se desmembrássemos o ciúme em um laboratório químico, a fórmula dele certamente

Para a geração do milênio estabilidade é ter saúde mental

Colunista: Psicóloga Viviane Tremarin – Pós-graduanda em Terapia Cognitivo-Comportamental Eles vêm para salvar e para acabar com o mundo – depende de qual filósofo você busca a opinião. A chamada geração do milênio carrega dois pesos e duas medidas. Sabe millennials, quando a gente avalia que para o bem e para o mal a responsabilidade é colocada em vocês, dá para entender essa pressão que dizem carregar. Ou talvez eu devesse

Relacionamento abusivo: quando o felizes pra sempre não acontece

Colunista: Viviane Tremarin – Pós-graduanda em Terapia Cognitivo-Comportamental Ah, aquele doce sonho que a Disney pintou em nós. O príncipe montado no cavalo branco chega, nos promete mundos e fundos, a gente sonha com a casinha de chão num terreno espaçoso para as crianças correrem e já sabe até em que loja vai comprar a cadeira de balanço para tomar café no fim do dia. Então de repente o príncipe