Comportamento

Como controlar a ansiedade através da alimentação em tempos de Coronavírus

Em tempos de crise, como a pandemia do Novo Coronavírus (COVID19), é natural sentir mais tensão, estresse e ansiedade. Nesse período de confinamento a preocupação com o presente e futuro próximo fica mais intensa. Se você também etá sentindo mais dificuldade de manter o equilíbrio emocional e procura por soluções, saiba que alguma medidas diárias e muito simples podem ajudar a controlar os sintomas e devolver um pouco de tranquilidade

Acredita em simpatias? A ciência explica o porquê

Segundo uma pesquisa, a crença em mandingas é uma forma de superar situações em que nos sentimos fora do controle. Quanto mais passos e repetições o ritual tiver, mais as pessoas creem neles As simpatias fazem parte da vida da maioria dos brasileiros. Vestir-se de branco na noite de Réveillon, colocar um vaso de sete ervas em casa, tomar banho de sal grosso e amarrar fitinhas no braço são alguns

Frio e quarentena: confira 10 dicas para não engordar

Não há dúvidas de que o isolamento social — necessário para achatarmos a curva de contágio do coronavírus e preservarmos o sistema de saúde — afeta nosso psicológico. A mudança repentina na rotina de muitos brasileiros fez com que várias áreas da vida sofressem alterações — e alguns já sentiram a diferença na balança. Enquanto o ganho de peso pode não ser a preocupação de muitos no momento, se alimentar

Como motivar os seu filhos a querer estudar e aprender

Conseguir que as crianças estudem pelo prazer de aprender, em vez de pela expectativa de uma nota 10 ou medo da nota zero. Parece um sonho? Talvez não. Em seus primeiros anos, as crianças são naturalmente interessadas em explorar seu ambiente — desde examinar a grama do jardim até brincar com um cachorro — e em querer saber como as coisas funcionam,o sabor e as sensações.É só mais tarde que

Famosos perdem seguidores durante a quarentena

Em meio à pandemia, famosos compartilham rotina perfeita, romantizam o novo coronavírus, fazem propagandas e não respeitam o isolamento. Em poucos meses, o novo coronavírus se disseminou por todos os continentes e muitos países aderiram ao isolamento social com o objetivo de prevenir novos casos. Trabalhar em home office, cuidar da família e até os momentos ociosos têm sidos desafiadores. Enquanto uma grande parcela da população enfrenta dificuldades para cumprir

Preocupados com o coronavírus até nos sonhos

Algumas pessoas estão tendo problemas para dormir durante o confinamento: há noites em que é mais difícil conciliar o sono e outras em que despertamos antes da hora. Às vezes até dormimos mais horas, e ainda assim acorda mais cansados. A tudo isso são adicionados, em muitos casos, pesadelos nos quais o coronavírus aparece. Nestes dias de confinamento, dormir pior é normal, segundo a neurologista Milagros Merino, membro do comitê

Recuperar e manter hábitos saudáveis

Apesar das circunstâncias não serem fáceis, existe um otimismo moderado e ressalta que, em muitos casos, o confinamento pode ser uma oportunidade para adotar hábitos razoáveis e regulares, especialmente no caso de crianças, que toleram menos as mudanças de rotina. Outro hábito que devemos criar é o de fugir das telas antes de ir para a cama. Nosso cérebro interpreta a luz azul de celulares e tablets como se fosse

og:image

A psicóloga Laurie Santos que administra o curso mais popular da Universidade Yale, ensina como driblar você mesmo para encontrar a felicidade Com mais de 1200 alunos presenciais e outros 350 mil ( sim!) via online em apenas um ano de criação do curso Psychology and the Good Life (algo como “A psicologia e a boa vida”) , a psicóloga Laurie Santos que administra o curso mais popular de Yale

og:image

Para evitar uma ‘infodemia’, diversas iniciativas tentam conter a propagação de conteúdos falsos sobre o novo vírus o Estadão na Escola criou atividades para serem desenvolvidas com alunos, com produção de conteúdo e diversos recursos jornalísticos O novo coronavírus virou notícia em jornais do mundo inteiro depois de a China anunciar o crescimento desenfreado do número de infectados. Com muitas perguntas ainda sem respostas, a doença misteriosa tem sido alvo

og:image

Sancionada em setembro do ano passado, lei tipifica beijos roubados, toques inconvenientes e outros atos libidinosos como crime de importunação sexual As mulheres já cansaram de repetir, mas sabem que, em todo o Carnaval, vale a pena frisar: não é não. Em 2019, porém, quem for vítima de algum tipo de assédio no Carnaval brasileiro terá o respaldo da Constituição. Afinal, esse é o primeiro ano em que o assédio