Viticultura

Rendimento de cultivo protegido para uvas de mesa  estimula agricultor a ampliar área de plantio

O agricultor Alexandre Lunelli, do distrito de Tuiuty, produz uvas no sistema cultivo protegido há mais de cinco anos, segundo ele, para diversificar a produção dos seis hectares de uvas viníferas, somadas ao meio hectare de uvas para suco que entrega na Cooperativa Aurora. Com pouco mais de meio hectare entre s uvas de cultivo protegido, Lunelli vende direto ao público. “ Durante a semana atendemos em média 10 clientes

Pesquisa sobre uvas de mesa completa 10 anos

Pesquisadores da Embrapa Uva e Vinho começou a estudar a produção em 2003 e Bento Gonçalves é a cidade serrana com destaque para essa modalidade de uva O segmento de uvas de mesa está crescendo na região da Serra Gaúcha, tradicional produtora de uvas para processamento. A responsável pela pesquisa na Embrapa é Patrícia Silva Ritschel. De acordo com o pesquisador da Embrapa Uva e Vinho e chefe adjunto de

Excesso de produção e estrutura precária são responsáveis pela queda de parreirais diz pesquisador

A queda de parreirais tem afetado agricultores da região do Vale dos Vinhedos nesta safra. O Técnico de Viticultura, Roque Antônio Zilio, elenca alguns motivos responsáveis pela queda de parreirais. “A super safra, excesso de produção, estrutura antigas e falta de manutenção são os principais motivos para a queda dos parreirais. Os agricultores não estão fazendo a manutenção da estrutura e ele tem que ser periodicamente verificado porque são arames

Quedas de parreirais causam perdas para agricultores no Vale

Por conta do mau tempo, na região do Vale dos Vinhedos, Pinto Bandeira, Tuiuty e Faria Lemos têm ocorrido quada de vinhedos. O agricultor Mateus Batistello, na Linha Oito da Graciema, comentou sobre a perda que teve na sua colheita por conta da queda de um de seus parreirais: “o parreiral caiu no início deste mês de fevereiro e, infelizmente causou uma grande perda para a nossa colheita”. revela o